X-MEN APOCALYPSE – Bryan Singer e seus processos na justiça

A Fox não está tão confiante em ter Bryan Singer no projeto X-Men: Apocalipse e está seriamente pensando em cancelar seu contrato devido a dois problemas crescentes: O orçamento astronômico de seu próximo filme e dos constantes problemas de processos de abuso sexual que o diretor vem recebendo.

O primeiro problema é mais imediato que o processo, já que o orçamento do próximo filme está girando na faixa de 250 a 350 milhões de dólares, o que gerou a ideia dos executivos em colocar Singer na posição de produtor do longa, dando a chance a um outro talento assumir a cadeira da direção. Essa possibilidade, dizem, pode ter inflamado os ânimos de Singer e causado mal-estar entre a diretoria da Fox.

Claramente, Singer não irá perder muito se a demissão ocorrer, pois seu contrato foi firmado meses atrás com uma cláusula de segurança que lhe daria uma vultosa quantia em dinheiro por reparação.

Atualmente Bryan Singer, está sendo processado por abuso sexual, contra um menor de idade, em 1999. A vítima registrou a agressão na corte do Havaí em Abril deste ano e até hoje o processo segue nos tribunais sem um resultado definitivo.

Até o momento, a Fox não definiu o que será feito com Bryan Singer e muito menos apresentaram que futuro está reservado para franquia renovada dos X-men.