Fui ver o filme Entre abelhas este fim de semana. Não se deixe enganar: o filme é estrelado pelo Fábio Porchat, mas não é uma comédia. Ele é muito engraçado, sem dúvida, mas também é igualmente tenso, dramático e inquietante. Não quero falar demais para não estragar sua experiência, leitor – é o tipo de filme que é importante ir ver sem expectativas para formular suas próprias ideias -, então vou me ater ao que a sinopse do filme já fala:

Fábio Porchat é Bruno, um editor de imagens recém-divorciado que, por alguma razão desconhecida, começa a deixar de enxergar pessoas aleatoriamente, como se elas não existissem mais pra ele. A trama principal é Bruno tentando descobrir por que isso acontece e como resolver a situação, ajudado pela mãe, interpretada pela Irene Ravache (que consegue ser ainda mais engraçada que o Porchat, acredite se quiser!).

E é isso. Vai assistir o filme logo que ele é muito bom!

porchat