Hoje, 30 de abril, é o último dia para que os usuários do serviço de comunicação MSN migrem suas contas para o SKYPE. A partir de maio, o comunicador entrará para a história.

Criado em 1999, o MSN chegou em época de muitas novidades na internet, antes do estouro da bolha e bem depois de outros ícones como o ICQ e o AIM, que já possuíam um bom número de usuários. A estratégia da Microsoft, com o tempo, foi a inserção de funcionalidades e parcerias que conquistavam, a cada dia, mais usuários. A conversa por webcam, lançada em 2006, foi o grande diferencial para o aplicativo.

Superado nos últimos anos pelos comunicadores do Facebook e do Google, o Facebook Messenger e o Gtalk respectivamente, a Microsoft decide migrar sua base de usuários para o serviço SKYPE, adquirido em 2011. Tido como um aplicativo corporativo de alta qualidade em som e imagem, a esperança da empresa é conseguir fazer frente aos seus concorrentes na internet.

No site G1 há um ótimo infográfico que resume toda a história do MSN e que vale conferir.

Mas mudanças no campo da comunicação social na internet não param por aí. Segundo o site de notícias G1, outro serviço com os dias contados é o Meebo. Adquirido pelo Google no ano passado, ele integra vários outros serviços de bate papo como o MSN, AIM, GTalk e outros, diretamente na internet sem a necessidade de downloads. O encerramento do Meebo está marcado para o dia 6 de julho. A justificativa seria o foco em sua rede social, o Google+, que cresce a cada dia e passa a integrar os serviços do Google.