Ultimamente o publico mirim está desesperado por ver o filme Deadpool que acertadamente foi classificado para maiores de 18 e já ocorre uma petição para os produtores reduzirem essa restrição de censura para o nível PG-13 (classificação etária para filmes mais leves direcionados a públicos a partir de 13 anos).

Ao final da exibição surpresa do referido filme “Deadpool” onde o próprio Ryan Reynolds esteve presente na plateia para uma sessão de fotos e rápidas entrevistas com os novos fãs do mercenário falastrão, uma mulher que revelou ser mãe de uma criança de 8 anos falou com o ator sobre a idade de censura, pedindo para que os produtores façam PG-13. Nesse momento, Ryan Reynolds se dirigiu a plateia e respondeu com toda a propriedade: “Você é uma mãe Maravilhosa!!! Quando eu era criança, eu fiquei louco para ver o filme ‘9 semanas e meia de amor’ que era para 18 anos e minha mãe não fez petição alguma par alterar a censura dele. Só digo que não ia dar certo… você viu o filme, sabe que se mudarem a censura será um filme bem curto, quase na duração de um comercial!”.

Uma resposta mais do que digna a fim de manter a fidelidade de Deadpool em seu próprio filme.

Aqui no Brasil, a censura será igualmente alta, mas mesmo assim há pais achando que este filme deveria ser mais leve para permitir suas crianças a irem na sessão pois acham que este filme é apenas “outro filme de super-herói” e não entendem quem realmente é Deadpool nos quadrinhos. Um erro padronizado achar que todo filme de super-herói é para crianças… vide Watchmen.

#UPDATE
Enquanto que, na China, o filme é banido. Os fãs estão aguardando o Ministério da Justiça se pronunciar quanto a idade mínima aqui, no Brasil. Mas, provavelmente, acreditamos que seja mantida a limitação de +18.

Leia também:   Vingadores: Square Enix anuncia parceria com Marvel para jogo

Deadpool estreia em 11 de fevereiro de 2016. Aguardem mais notícias!