Cosa Nostra: O RPG que o Don AprovaQue o mercado de RPG anda, depois de muito tempo de hiato, fervilhando no Brasil, não é novidade para os nerds aficionados por dados. No último dia 5, começou o financiamento coletivo do Cosa Nostra RPG, a aposta da galera do Estúdio V que lida com temas como ambição, violência e glamour no cenário da Máfia dos anos 30.

Depois de um intenso playtest  (que você pode conferir de grátis aqui), o livro básico promete ter 32 páginas e apresentar as regras do jogo, uma história em quadrinhos originais e duas cidades clássicas e prontinhas para serem utilizadas em horas que prometem ser de muita diversão: Chicago e Nova Iorque.

A partir de uma contribuição de apenas 10 dilmas, você terá a oportunidade de adquirir o pdf com a versão final do jogo – e com uma contribuição de apenas 20 dilmas, você leva o pdf e o livro impresso, além de um marcador de página.

Cosa Nostra: O RPG que o Don AprovaO Cosa Nostra é uma das iniciativas nacionais de RPG que mais me empolgaram nos últimos tempos. Não só por eu ser grande fã do Mario Puzo (autor do livro que deu origem ao filme O Poderoso Chefão), mas por ser uma grande entusiasta do mercado brasileiro de RPG, e quero mais é que, cada vez mais, escritores, desenhistas, game designers e outros nerds se arrisquem não só a trazer jogos estrangeiros pra gente, mas também a produzir os nossos próprios jogos.

Ficou curioso? Então demonstre toda a sua amizade ao Don conferindo:

 

Artigo escrito por EVA – Fã incondicional do Clássico Mundo das Trevas, feminista e louca por gatos e livros. Redatora e revisora, é editora do blog Livro dos Espelhos.