Com a proximidade da nova produção ambientada na Terra Média, O Hobbit – A Desolação de Smaug, me traz à memória uma curiosidade da primeira trilogia do Senhor dos Anéis, de 2001. A ligação entre todos os atores (ou quase) que fizeram parte da Companhia do Anel, o grupo encarregado de destruir o Um Anel na Montanha da Perdição, resolveu deixar uma marca de amizade que não se perdesse após o filme.

“Um tattoo para todos marcar”

Oito dos nove membros da Sociedade do Anel (O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, 2001), tem uma pequena tatuagem com a palavra “nove” escrito em Tengwar, língua élfica criada por Tolkien. Eles fizeram em um estúdio de tatuagem em Wellington, Nova Zelândia, para comemorar a experiência do filme. O nono membro, John Rhys-Davies (Gimli), recusou a honraria e enviou seu dublê em seu lugar. A tatuagem de Elijah Wood está na cintura. Sean Astin (Sam) e Billy Boyd (‘Pippin’ Took) fizeram a tatuagem em seus tornozelos (para comemorar todas as horas nos pés de hobbit).

Nove em Tengwar

Nove em Tengwar

Orlando Bloom, que interpreta o arqueiro elfo Legolas, tem o seu em seu antebraço. Sua tatuagem é visível durante uma cena de luta em Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola Negra. Ian McKellen (Gandalf) fez em seu ombro. Dominic Monaghan (Meriadoc Brandybuck) de está em seu ombro. Sean Bean (Boromir), tem a sua tatuagem em seu ombro direito e Viggo Mortensen (Aragorn), no ombro esquerdo.

Em algum lugar na web, li que Viggo, diante da recusa do tatuador – ele estava ocupado, voltou à loja paramentado como Aragorn e foi prontamente atendido.  Uma linda história de companheirismo que vai além das filmagens.

Fonte: IMDB  – Trivia – IMDb

 

Privacy Preference Center